Home Geral Aurora rosa. Uma influência do nitrogênio

Aurora rosa. Uma influência do nitrogênio

0

beverly e pack
O vídeo abaixo mostra um time lapse de uma aurora de cor rosada, capturada entre o anoitecer do dia 16 e amanhecer do dia 15, pelo fotógrafo Mark Ellis, no estado de Minnesota (EUA).

Auroras ocorrem em regiões do planeta próximas aos círculos polares, principalmente no hemisfério norte (aurora boreal). E são causadas pela interação da alta atmosfera com partículas provenientes de ‘vento’ solar. Este fenômeno tem predominância em regiões polares devido à participação do campo magnético da Terra no direcionamento deste ‘vento solar’.

Diferenças de composição atmosférica podem causar diferentes cores na aurora. O oxigênio pode ser responsável pela emissão de diversas cores, mas as mais características são o verde e o vermelho (com tons de marrom).

Moléculas de nitrogênio excitadas emitem luz característica vermelha, azul e violeta. A interação entre o oxigênio e nitrogênio e suas alterações proporcionais com a altitude causam a aparência típica de cores da aurora.

Mais informações em
http://www.windows2universe.org/earth/Magnetosphere/tour/tour_earth_magnetosphere_09.html (em inglês)

Via Bad Astronomy

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle

Nenhum comentário

Deixe um comentário