Extraindo bismuto de Pepto-Bismol

0

pedaço de bismuto metálico
O Pepto-Bismol é um medicamento muito utilizado para amenizar azia, náusea e má digestão. O princípio ativo é basicamente a substância ‘salicilato de bismuto monobásico’.
salicilato de bismuto monobásico

O vídeo abaixo, do canal NileRed, mostra como é possível extrair o metal bismuto do medicamento Pepto-Bismol.

O material utilizado foi:
– 120 comprimidos de Pepto-Bismol (com 262 mg cada)
– 260mL de HCl 31,45%
– 1,3L de água destilada
– em torno de 5 gramas de folha de alumínio

Os comprimidos foram esmagados até se conseguir um pó fino. Em um erlenmeyer foram adicionados 1,3 litros de água e 260 mL de ácido clorídrico 31,45%; e a essa solução foi adicionado o Pepto-Bismol triturado.

A reação do salicilato de bismuto monobásico com o ácido clorídrico produz cloreto de bismuto e ácido salicílico. O ácido salicílico pode então ser filtrado da solução por ser bastante insolúvel em água.

A solução contém agora uma boa quantidade de cloreto de bismuto que pode ser convertido em bismuto metálico com o uso de alumínio. O que ocorre é a formação de cloreto de alumínio e bismuto metálico.

O bismuto metálico é então filtrado usando um filtro de café. E o sólido é lavado com água e posteriormente com metanol para remover o ácido salicílico que tenha ainda permanecido.

O bismuto foi seco com um maçarico e isso acabou causando uma reação com o oxigênio no ar com aparecimento de uma cor amarela. A reversão desse processo é feita com o super aquecimento bismuto oxidado gerando novamente o bismuto metal.

No experimento feito por NileRed o rendimento foi em torno de 22% com obtenção de 5 gramas de bismuto. E ele comenta que não seria a forma mais barata de se obter o elemento.

Veja mais detalhes do experimento no vídeo abaixo.
Vídeo com legendas em português. Ative as legendas usando o botão CC que aparece no vídeo.

Legenda do vídeo e texto escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.


________________________________
________________________________

Se você quiser fazer parte de nossa grande comunidade...

Receba as atualizações da Tabela Periódica


Nenhum comentário

Deixe um comentário