arte

0

rosto de mulher composto com pequenos pontos
Quer um retrato feito inteiramente em platina pura? Ou então deseja presentear alguém com essa bela obra da joalheria? Por valores a partir de 500.000 dólares a empresa japonesa Platinum Guild International K.K te entrega esse produto exclusivo.

A composição da imagem do retrato é feita com mais de 12.000 pequenas esferas de platina de diversos tamanhos, dispostas uma a uma em uma superfície clara para compor os detalhes da imagem escolhida pelo cliente.

O alto preço da obra tem sua justificativa no valor da platina, que atualmente está mais cara do que ouro, chegando a custar 103 reais o grama; e também, é claro, paga-se pela exclusividade de poder exibir uma obra dessas na sala de estar.

Se dinheiro não é problema, a empresa oferece ainda opções de retratos por 1 milhão de dólares contendo 3,5kg de platina ou então um ainda maior, dependendo apenas do quanto o cliente deseja investir.

Veja no vídeo o processo de fabricação das esferas e montagem da imagem

OBS: Este website não é responsável pela venda deste produto.

Via PictureCorrect

Texto escrito por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna Holzle.

0

exposição sobre a tabela periódica
Uma visita ao Bendigo Discovery Center, na Austrália, revela uma interessante exposição que mescla a tabela periódica com a arte.

A exposição foi montada para comemorar o Ano Internacional da Química, que ocorreu em 2011, e conta com uma tabela na qual cada elemento foi representado de forma artística.

Os artistas convidados para o projeto lançaram mão da criatividade nas ilustrações, o que resultou em um belo exercício de imaginação e associação.

Veja o resultado em
http://www.raci.org.au/periodic-table-on-show

Este vídeo possui legendas em português. Se não está conseguindo ver as legendas, clique aqui e aprenda como ativar a visualização.

0

reação entre sódio e cloro em multimídia
Esta bela tabela periódica interativa, por meio de realidade aumentada, foi criada para a exposição ´Science Storms´ no Museu de Ciência e Tecnologia de Chicago (EUA).

O sistema permite que os visitantes interajam com os elementos da tabela periódica por meio de peças móveis sobre uma mesa. Ao colocar uma peça sobre um elemento, o sistema fornece as informações sobre a sua importância no mundo e exibe uma fotografia.

Formações de moléculas podem ser obtidas deixando a peça por um tempo sobre um elemento, e então arrastando até uma área lateral para combinar os diferentes elementos em uma molécula. Quando a reação ocorre, o sistema exibe uma mídia sobre a substância formada. Com a possibilidade de demonstrar mais de 350 tipos de reações químicas.

Sistema semelhante de interação por meio de realidade aumentada também foi utilizado no Brasil na exposição ´Elementar – a química que faz o mundo´, exibida em 2011 no Museu da Vida (Fiocruz – RJ).

Texto escrito por

0

Uma parede com azulejos é uma boa base para se construir uma tabela periódica. Esta ideia já foi aproveitada algumas vezes. Um dos exemplos é a obra exposta na parte externa da Facultad de Ciencias Experimentales de la Universidad de Jaén, localizada na cidade de Andalucía na Espanha.

A obra foi realizada dentro das programações do Ano das Ciências em 2007. Composta por ladrilhos de 20X30cm resultando em um painel com dimensões de 2,8 por 3,6 metros.

azulejos compondo uma tabela de elementos
Imagem via wikipedia.

Veja também
Azulejos e o cobalto

Texto escrito por

0

O usuário do Reddit, avi8ter18, resolveu criar uma tabela com um visual que lembra coisas antigas.

Para isto ele utilizou uma fonte com uma estética que mistura letra cursiva e as antigas máquinas de escrever.

visual antiquado

Lembre que esta tabela tem apenas uma finalidade estética, e que os dados não foram exaustivamente conferidos.

Se desejar imprimir, existe uma versão em formato TIFF e outra em PDF.

avi8ter18 avisou que o material foi liberado por ele em licença Creative Commons. Agradecemos a gentileza por permitir o uso das imagens.