Estanho – indo da Idade do Bronze aos satélites

0
aquecimento de uma amostra de estanho metálico
Formação de óxido de estanho em uma chama de maçarico.

O estanho tem história! A chamada ‘Idade do Bronze’ floresceu graças ao conhecimento humano de que uma certa quantidade de estanho (~12%) adicionado ao cobre conferia boas propriedades à liga. Sendo útil na fabricação de utensílios domésticos, ferramentas, armaduras, espadas, estatuetas,…

No vídeo abaixo, o Thoisoi2 mostra a curiosa propriedade do estanho durante a mudança de fase do estanho sólido, de fase beta para alfa, no que é conhecido como praga (ou doença) do estanho – e a possível relação com os botões dos casacos dos soldados de Napoleão.

Você verá também a demonstração da reação do estanho metálico com uma mistura de ácido clorídrico e nítrico (água régia), formando tetracloreto de estanho. Além da formação de cristais de estanho em um processo de redução eletroquímica, que gera um padrão muito belo – acompanhado em uma gravação feita em macrofotografia.

Na sequência Thoisoi2 comenta sobre os problemas do uso deste elemento em componentes eletrônicos com a lenta formação natural de ‘fiapos’ de estanho puro que podem causar a falha de aparelhos eletrônicos – cuja solução pode estar na adição de outros elementos químicos na liga.

Vídeo com legenda em português!

Legenda e texto escritos por Prof. Dr. Luís R. B. Holzle ( luisbrudna@gmail.com ). Universidade Federal do Pampa – Licenciatura em Química.


Nenhum comentário

Deixe um comentário