Os encontros inusitados dos elementos químicos – atividade didática

0
Números gerados aleatoriamente

É incrível a quantidade de substâncias químicas possíveis de serem formadas com todos os elementos químicos da tabela periódica. Os pesquisadores já identificaram e caracterizaram mais de 150 milhões de substâncias químicas orgânicas e inorgânicas, com mais de 15.000 novas substâncias sendo catalogadas diariamente. E certamente este número representa apenas uma fração do que existe na natureza!

Uma forma de perceber essa grandiosidade é tentar fazer correlações inusitadas entre os elementos químicos.

A sugestão aqui é fazer um sorteio de dois elementos químicos e tentar verificar se existe alguma situação na qual os dois elementos aparecem juntos. Pode ser uma substância na qual estejam presentes. Uma situação histórica que envolva os dois elementos. Um mineral cuja composição contenha os dois elementos (além de outros). Uma aplicação industrial, científica e/ou cotidiana. Ou use a sua criatividade para perceber as eventuais conexões existentes.

O sorteio

Para fazer o sorteio é possível usar a ferramenta do site https://www.random.org/ que permite o sorteio de um número em um certo intervalo. Ou então você pode fazer a seguinte busca no Google, ‘gerar número aleatório‘, que o próprio buscador poderá oferecer uma ferramenta de sorteio online.

Exemplos

Para exemplificar realizamos uma série de sorteios de dois números entre 1 e 94 – correspondendo ao intervalo de todos os elementos existentes entre o hidrogênio (número atômico 1) e o plutônio (número atômico 94).

56-bário e 78-platina
Existe uma substância química que contém bário e platina! É o platinocianeto de bário ( C4N4PtBa ). E tem aplicação na área de tecnologias de raios X.

6-carbono e 53-iodo
Existe compostos orgânicos nos quais ocorre a ligação química entre o carbono e o iodo – e são chamados de organoiodo ou organoiodetos.

27-cobalto e 44-rutênio
Uma busca rápida na internet resulta nesta dissertação de mestrado ‘Desenvolvimento de nanocatalisadores de cobalto e rutênio em líquidos iônicos’.

escândio e ítrio
O óxido de escândio e ítrio Y2O3-Sc2O3 tem diversas aplicações na indústria optoeletrônica.

criptônio e hólmio
Este é um encontro que não gerou nenhuma relação interessante. Talvez pelo fato do criptônio ser um gás inerte e o hólmio ser um elemento com um uso um pouco mais restrito.

É desafiador, até mesmo para um químico experiente, encontrar as relações entre alguns elementos. O indicado é primeiro tentar estabelecer uma relação usando apenas o próprio conhecimento, e depois deixar livre o uso de busca na internet para permitir o enriquecimento da atividade.

Fontes: CAS REGISTRY – The gold standard for chemical substance information. [S. l.]. Disponível em: https://www.cas.org/support/documentation/chemical-substances. Acesso em: 30 out. 2019.

PLATINUM BARIUM CYANIDE. Disponível em: https://www.chemicalbook.com/ChemicalProductProperty_EN_CB1666324.htm. Acesso em: 30 out. 2019.

COMPOSTO ORGANOIODO. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2018. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Composto_organoiodo&oldid=52342111. Acesso em: 12 jun. 2018.

SCARIOT, Morgana. Desenvolvimento de nanocatalisadores de cobalto e rutênio em líquidos iônicos. 2008.

Yttrium Scandium Oxide. Disponível em: https://www.americanelements.com/yttrium-scandium-oxide. Acesso em: 30 out. 2019.


Nenhum comentário

Deixe um comentário