Urânio – reações químicas e propriedades físicas do elemento

0
Urânio metálico

Maxim Bilovitskiy, do canal Thoisoi, visitou um laboratório certificado para trabalhar com urânio radioativo. Sendo esta uma das poucas formas seguras para se mostrar na prática as propriedades químicas e físicas do elemento.

Os óxidos de urânio chegaram a ser utilizados pela indústria do vidro para adicionar uma coloração esverdeada ao material. Este tipo de vidro tem uma radioatividade baixa e um brilho característico se iluminada com luz ultravioleta. Talvez este seja um dos motivos dele frequentemente aparecer brilhando em filmes e séries.

É difícil visualizar a superfície do urânio metálico sem óxido, pois a reatividade é alta e em presença de ar logo formará uma camada escura sobre o metal. E por isso é normalmente armazenado em atmosfera do gás inerte argônio. E, pela primeira vez no YouTube, você terá o privilégio de observar como é a queima de um filamento de urânio!

As mudanças de estado de oxidação do urânio costumam produzir variações de cores; sendo isso demonstrado no vídeo abaixo em uma comparação de dois compostos formados com iodo.

Vídeo com legenda em português.

Atenção! Evite o contato prolongado com minerais ou vidros que contenham urânio em sua composição. O manuseio somente deve ser feito com conhecimento adequado e informação sobre a radioatividade. Não tente realizar procedimentos de purificação do material.

Legenda e texto escritos por Prof. Dr. Luís Roberto Brudna (luisbrudna@gmail.com) – Universidade Federal do Pampa – Licenciatura em Química.


Nenhum comentário

Deixe um comentário